1 nov 2019, Solenidade de Todos os Santos

O dia 1 de Novembro é Solenidade litúrgica e dia de preceito. A Santa Missa é celebrada às seguintes horas e locais:

Dia 31 de Outubro (missa antecipada da Solenidade):

Salão Paroquial: 16h.
Miraflores: 18h.
Algés: 19h15.
Cruz Quebrada: 19h00.

Dia 1 de Novembro (o horário é o de Domingo)
Algés: 9h00.
Algés: 11h.
Cruz Quebrada: 11h00.
Miraflores: 12h15.
Miraflores: 18h.
Algés: 19h00.

Indulgência.

«Ao fiel que devotamente visitar o cemitério e nele orar, ainda que só mentalmente, pelos defuntos, concede-se indulgência aplicável somente às almas do Purgatório; esta indulgência é plenária em cada um dos primeiros oito dias do mês de Novembro; nos restantes dias do ano, será parcial» (Manual das indulgências, concessão 13).

«Para ganhar a indulgência plenária, requer-se o cumprimento da obra indulgenciada e das três condiçõeos seguintes: confissão sacramental, comunhão eucarística e oração segundo as intenções do Sumo Pontífice. É necessário, além disso, que não exista nenhum afecto a qualquer pecado, mesmo venial. Se faltar esta plena disposição, ou se não se cumprem as condições indicadas (…) a oindulgência será apenas parcial» (Constituição Apostólica Indulgentiarum Doctrina, Norma 7: EDREL 2380).

PRIMEIRA LEITURA Ap 7, 2-4.9-14

Leitura do Apocalipse de São João

Eu, João, vi um Anjo que subia do Nascente,
trazendo o selo do Deus vivo.
Ele clamou em alta voz
aos quatro Anjos a quem foi dado o poder
de causar dano à terra e ao mar:
«Não causeis dano à terra, nem ao mar, nem às árvores,
até que tenhamos marcado na fronte
os servos do nosso Deus».
E ouvi o número dos que foram marcados:
cento e quarenta e quatro mil,
de todas as tribos dos filhos de Israel.
Depois disto, vi uma multidão imensa,
que ninguém podia contar,
de todas as nações, tribos, povos e línguas.
Estavam de pé, diante do trono e na presença do Cordeiro,
vestidos com túnicas brancas e de palmas na mão.
E clamavam em alta voz:
«A salvação ao nosso Deus, que está sentado no trono,
e ao Cordeiro».
Todos os Anjos formavam círculo
em volta do trono, dos Anciãos e dos quatro Seres Vivos.
Prostraram-se diante do trono, de rosto por terra,
e adoraram a Deus, dizendo:
«Amen! A bênção e a glória, a sabedoria e a acção de graças,
a honra, o poder e a força
ao nosso Deus, pelos séculos dos séculos. Amen!».
Um dos Anciãos tomou a palavra e disse-me:
«Esses que estão vestidos de túnicas brancas,
quem são e de onde vieram?».
Eu respondi-lhe:
«Meu Senhor, vós é que o sabeis».
Ele disse-me:
«São os que vieram da grande tribulação,
os que lavaram as túnicas
e as branquearam no sangue do Cordeiro».

Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL Salmo 23 (24), 1-2.3-4ab.5-6

Refrão: Esta é a geração dos que procuram o Senhor.

Do Senhor é a terra e o que nela existe,
o mundo e quantos nele habitam.
Ele a fundou sobre os mares
e a consolidou sobre as águas.

Quem poderá subir à montanha do Senhor?
Quem habitará no seu santuário?
O que tem as mãos inocentes e o coração puro,
o que não invocou o seu nome em vão.

Este será abençoado pelo Senhor
e recompensado por Deus, seu Salvador.
Esta é a geração dos que O procuram,
que procuram a face de Deus.

SEGUNDA LEITURA 1 Jo 3, 1-3

Leitura da Primeira Epístola de São João

Caríssimos:
Vede que admirável amor o Pai nos consagrou
em nos chamar filhos de Deus.
E somo-lo de facto.
Se o mundo não nos conhece,
é porque não O conheceu a Ele.
Caríssimos, agora somos filhos de Deus
e ainda não se manifestou o que havemos de ser.
Mas sabemos que, na altura em que se manifestar,
seremos semelhantes a Deus,
porque O veremos tal como Ele é.
Todo aquele que tem n’Ele esta esperança
purifica-se a si mesmo,
para ser puro, como Ele é puro.

Palavra do Senhor.

EVANGELHO Mt 5, 1-12a

Alegrai-vos e exultai, porque é grande nos Céus a vossa recompensa

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Naquele tempo,
ao ver as multidões, Jesus subiu ao monte e sentou-Se.
Rodearam-n’O os discípulos
e Ele começou a ensiná-los, dizendo:
«Bem-aventurados os pobres em espírito,
porque deles é o reino dos Céus.
Bem-aventurados os humildes,
porque possuirão a terra.
Bem-aventurados os que choram,
porque serão consolados.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça,
porque serão saciados.
Bem-aventurados os misericordiosos,
porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os puros de coração,
porque verão a Deus.
Bem-aventurados os que promovem a paz,
porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por amor da justiça,
porque deles é o reino dos Céus.
Bem-aventurados sereis, quando, por minha causa,
vos insultarem, vos perseguirem
e, mentindo, disserem todo o mal contra vós.
Alegrai-vos e exultai,
porque é grande nos Céus a vossa recompensa».

Palavra da salvação.