QUINTA-FEIRA – 28JANEIRO/2016

a_SaoTomasTriunfaSobreHeregesS. TOMÁS DE AQUINO (1225-74). Dominicano, discípulo de S.Alberto Magno, pai do “tomismo” e chamado “doutor angélico”, foi professor em França e Itália. Apesar de ter morrido com apenas 49 anos, a sua obra monumental e audaciosa, renovou a filosofia e a teologia do seu tempo. Os comentários que fez sobre as Escrituras e sobre Aristóteles também são parte importante da sua obra. Além disso, Tomás distinguiu-se pelos seus hinos eucarísticos, que ainda hoje fazem parte da liturgia da Igreja. É Doutor da Igreja (1568).

2 Samuel 7,18-19.24-29; Sal 131,1-5.11-14; Marcos 4,21-25

SEJAMOS AUDAZES!(Marcos 4,21-25). “Com a medida que empregardes para medir é que sereis medidos, e ainda vos será acrescentado.” Isto significa que os dons de Deus crescem conforme a capacidade que tivermos para os receber. Estes dons são O Seu Espírito, O Seu Perdão e a Sua Sabedoria os quais nos permitem interpretar a Palavra. Somos assim movidos à contemplação dO Deus Criador, que tudo cria com grandeza e abundância infinitas (Gén.1), e de Cristo, que nada reteve e nos deu a Sua Vida para a termos com plenitude (Jo.10). Uma lógica de superabundância de luz da fé, da esperança e da caridade, às quais somos chamados a aderir abrindo sempre, cada vez mais, os nossos ouvidos, olhos e coração.

Meditações Bíblicas”, tradução dos Irmãos Dominicanos da Abadia de Saint-Martin de Mondaye (Suplemento Panorama, Edição Bayard, Paris). Selecção e síntese: Jorge Perloiro.