1ª SÁBADO – 6/FEVEREIRO/2016

a_SaoPauloMikiECompanheirosS. PAULO MIKI e COMPANHEIROS Em 1957, ergueram-se 26 cruzes – numa colina perto da cidade de Nagasaki – para crucificar Paulo Miki, jesuíta japonês, e os companheiros. Eram ainda mais 2 jesuítas, 6 franciscanos e 17 leigos, (entre eles 3 jovens com menos de 14 anos), todos crucificados por causa da sua fé e amor a Cristo. A humanidade necessita de homens e mulheres como S.Paulo Miki, que vivam da Palavra de Jesus : “Que o vosso sim seja, Sim, e o vosso não seja, Não; tudo o resto vem do Maligno”.

1 Reis 3,4-13; Sal 118,9-14; Marcos 6,30-34

REENCONTRAR O SEU SENHOR(1 Reis 3,4-13 ; Sal.3,4-13). Escutar a voz de Deus, pôr em prática as Suas palavras é fonte de alegria para o salmista e lugar de encontro com O Seu Senhor. Não foi isto que Maria viveu? Não guardou ela “todas as coisas no coração”, fazendo a escolha de Deus numa intimidade de todos os instantes ? Quanto à questão relacionada com a sua juventude ela pode evocar o jovem Salomão que não pediu riquezas a Deus mas apenas a sabedoria identificada com a Palavra para discernir o desígnio divino e aceitá-lo por amor. Maria, e sómente Maria, pode “dirigir os nossos passos com segurança” (Jeremias 10,23).

“Meditações Bíblicas”, tradução dos Irmãos Dominicanos da Abadia de Saint-Martin de Mondaye (Suplemento Panorama, Edição Bayard, Paris. Selecção e síntese: Jorge Perloiro.