Arquivo da categoria: Grupos e movimentos

Apostolado da Oração

UNIDOS PARA DAR VALOR SALVADOR À VIDA QUOTIDIANA

O que é o Apostolado da Oração (A. O.)

ApostoladoDaOracao_gmO Apostolado da Oração (A.O.), é “uma associação de fiéis que, pelo oferecimento diário de si mesmos, se unem ao sacrifício eucarístico, em que se realiza perenemente a obra da nossa redenção, e assim, pela união vital com Cristo, da qual depende a fecundidade do apostolado, colaboram na salvação do mundo” (Estatutos, 5).

Como disseram os Bispos de Portugal, “a intuição fundamental da criação deste movimento eclesial é simples, mas de grande alcance espiritual e apostólico: todas as atividades e experiências do dia-a-dia, unidas a Cristo, têm valor redentor. Tudo o que o cristão vive e faz é, se pode tornar oração apostólica” (Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa, 1994.02.04.

Breve história do Apostolado da Oração

Nasceu a 3 de Dezembro de 1844 em Vals, França, no dia da festa do grande missionário S. Francisco Xavier, numa casa de formação de jovens para o Sacerdócio, por obra do P. Francisco Xavier Gautrelet.

A Portugal chegou no ano de 1864, tendo-se expandido rapidamente, tornando-se meio de evangelização popular, sendo particularmente notável a firmeza dos seus membros em tempos adversos à Igreja e à fé católica. Por isso, afirmou o Papa Pio XII: “Os anais do Apostolado da Oração são uma das mais belas páginas da História de Igreja em Portugal” (1957.05.19). Tem como principal meio de informação para os associados a publicação periódica do “Mensageiro do Coração de Jesus”.

O Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Gonçalves Cerejeira, assim declarou: «É convicção unânime que principalmente ao Apostolado da Oração se deve a restauração religiosa da nossa pátria  depois da crise de fé e de piedade provocada pelo liberalismo do século passado» (1935.08.13).

Prática fundamental do Apostolado da Oração

O Apostolado da Oração tem uma estrutura muito simples, acessível a todos. É um modo prático de procurar ser um bom cristão, unido a Cristo, inserido na Igreja, ao serviço dos irmãos. A prática fundamental é o oferecimento das obras do dia. Deverá ser repetido no início de cada dia, usando a fórmula habitual, ou uma simples jaculatória, ou qualquer invocação  como, por exemplo: “Tudo por vosso amor, Sagrado Coração de Jesus”, “Senhor, eu Vos ofereço este novo dia, com amor e alegria, pela salvação do mundo”…

Pelo oferecimento das obras do dia, unimo-nos a Cristo, Redentor do mundo, que cada dia, na Eucaristia, renova o oferecimento da sua vida, pela salvação da humanidade. Assim afirmou o Papa São João Paulo II: “Desejo exprimir o meu sincero apreço pelo válido e concreto contributo que oferece is à difusão  a todos os níveis, da grande e consoladora verdade, segundo a qual todo o cristão,  com a oração é o oferecimento da própria actividade, pode colaborar eficazmente na obra redentora de Cristo” (1994.09.07).

Na paróquia de Algés / Miraflores

Encontros às 16:00 na primeira sexta-feira do mês.

Próximas datas:

08 JUN 2018 Solenidade do Sagrado Coração de Jesus