Novena da Imaculada Conceição – 7.º dia – 5/DEZEMBRO

Maria, mediadora de todas as graças
“Não têm mais vinho”

Do Evangelho Segundo São João (Jo 2,1-11)

Ao terceiro dia, celebrava-se uma boda em Caná da Galileia e a mãe de Jesus estava lá. Jesus e os seus discípulos também foram convidados para a boda. Como viesse a faltar o vinho, a mãe de Jesus disse-lhe: «Não têm vinho!»
Jesus respondeu-lhe: «Mulher, que tem isso a ver contigo e comigo? Ainda não chegou a minha hora.» Sua mãe disse aos serventes: «Fazei o que Ele vos disser!»
Ora, havia ali seis vasilhas de pedra preparadas para os ritos de purificação dos judeus, com capacidade de duas ou três medidas cada uma. Disse-lhes Jesus: «Enchei as vasilhas de água.» Eles encheram-nas até cima. Então ordenou-lhes: «Tirai agora e levai ao chefe de mesa.»
E eles assim fizeram. O chefe de mesa provou a água transformada em vinho, sem saber de onde era – se bem que o soubessem os serventes que tinham tirado a água; chamou o noivo e disse-lhe: «Toda a gente serve primeiro o vinho melhor e, depois de terem bebido bem, é que serve o pior. Tu, porém, guardaste o melhor vinho até agora!»
Assim, em Caná da Galileia, Jesus realizou o primeiro dos seus sinais miraculosos, com o qual manifestou a sua glória, e os discípulos creram nele.

“Criatura totalmente cheia de amor”

Ela não só é concebida, mas Conceição e, ainda mais, Imaculada. Este nome contém muitos outros mistérios que no tempo serão revelados. Isto indica, de facto, que a Imaculada Conceição pertence de algum modo à essência da Imaculada. Este nome deve ser-lhe caro, uma vez que indica a primeira graça recebida no primeiro instante da sua existência, e o primeiro dom é sempre o predilecto.
Este nome, em segundo lugar, realizou-se ao longo da sua vida, uma vez que ela foi sempre sem pecado.  Também por isto foi cheia de graça e Deus esteve com Ela, sempre, e com Ela, até ao ponto em que ela se tornou a Mãe do Filho de Deus. Assim o nome de “Imaculada Conceição” respeita por direito a Ela e somente a Ela. A cristura totalmente cheia de amor, de divindade é a Imaculada, sem a mínima mancha de pecado, Ela que não nunca desviou nada da vontade divina.

Rezemos uma dezena segundo as intenções da Virgem Imaculada, Mãe de Deus.
— Pai nosso
— 10 Ave Maria
— Glória

Petição da Graça
Ó Deus, que na Imaculada Conceição da Virgem preparastes uma digna morada para o vosso Filho, e a preservastes de toda a mancha de pecado, concedei-nos, por sua intercessão a graça que Vos pedimos… (petição).

Oremos:
Pai Santo, nos Vos louvamos e Vos bendizemos pela materna solicitude que a beata Virgem Maria manifestou para com os jovens esposos, nas bodas de Caná. Ela interveio junto do Filho e mandou aos servos que executassem as ordens. Fazei que, acolhendo o convite da Mãe, coloquemos em prática tudo o que Cristo nos ensinou no Evangelho. Por Cristo nosso Senhor. Amen.