VISITA DA IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

RESUMO

I. Programa geral da visita na Vigararia de Oeiras

II. A imagem peregrina da Paróquia de Cristo Rei de Algés

III. A imagem peregrina da Paróquia do Senhor Jesus dos Aflitos

IV. Celebração e oração de Consagração a Nossa Senhora

V. Guião da Visita da imagem da virgem peregrina às dioceses portuguesas

VI. Documentos pastorais


I. PROGRAMA GERAL DA VISITA NA VIGARARIA DE OEIRAS

«O MEU IMACULADO CORAÇÃO CONDUZIR-VOS-Á ATÉ DEUS»

Procuremos que toda a comunidade católica residente ou de passagem na Vigararia de Oeiras (famílias; jovens, velhos e crianças; doentes e necessitados; leigos, sacerdotes e consagrados)possa tomar contacto com a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, no contexto do centenário das aparições.

A) 31/JANEIRO/2016

1. PROCISSÃO DA ENTREGA DA IMAGEM

    • 10:00 Eucaristia no Colégio Marista de Carcavelos
    • 11:00 Saída em procissão
    • 11:45 Chegada a Nova Oeiras
    • 12:00 Missa de Acção de Graças pela presença da Imagem

top

2. VISITA ÀS PARÓQUIAS DA VIGARARIA

2.1. Celebração, de preferência no Adro de cada Igreja Paroquial

  • Cântico de acolhimento
  • Sinal da Cruz e introdução
  • Leitura bíblica
  • Comentário breve
  • Oração dos fiéis
  • Pai Nosso
  • Consagração a Nossa Senhora
  • Cântico de Despedida

2.2. Horário de chegada e celebração em cada paróquia (actualizado a 21/1/2016)

  • 12:00 Nova Oeiras – Santa Missa
  • 13:10 São Julião da Barra
  • 13:40 Oeiras
  • 14:10 Paço de Arcos
  • 14:45 Laveiras/Caxias
  • 15:15 Porto Salvo
  • 15:45 Barcarena
  • 16:15 Queijas
  • 16:55 Carnaxide
  • 17:25 Outurela
  • 18:00 Linda-a-Velha
  • 18:30 Algés/Miraflores
  • 19:00 Cruz Quebrada/Dafundo (Santa Missa)
  • 20:00 Tempo com Maria, mãe dos Escutas

top

3. PROCISSÃO DE VELAS

  • 21:00 Da Cruz Quebrada ao Santuário de Nossa Senhora da Rocha

B) VIGÍLIA NOCTURNA

No Santuário de Nossa Senhora da Rocha
23:00 10:00 Laus perene

  • Comunidades religiosas:
    Irmãs Canossianas
    Imãs Franciscanas Hospitaleiras
    Irmãs Espiritanas
    Escravas da Santíssima Trindade
    Comunidade Shalom
    Comunidade dos Padres Dehonianos
    Comunidade dos Padres Passionistas
    Comunidade presbítera diocesana

top

C) 2/FEREREIRO/2016

4. ANIMAÇÃO DIURNA

10:00 Crianças (IPSS na Vigararia):

  • CSP de Caxias – CSP Linda a Velha – CSP Carnaxide – CSP Porto Salvo – CSP Barcarena – Canossianas Queluz de Baixo – Escravas de Caxias – Hospitaleiras de Linda-a-Pastora – Misericórida de Oeiras

11:00 Seniores (IPSS na Vigararia):

  • CSP de Caxias – CSP Oeiras – CSP Linda a Velha – CSP Carnaxide – CSP Porto Salvo – CSP Barcarena – Misericórida de Oeiras – CSP Queijas – CSP Cruz Quebrada – CSP Nova Oeiras

12:00 Alunos de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) na Vigararia.

  • Escolas Secundárias: E. Quinta do Marquês – E. Luís Freitas Branco – E. Sebastião e Silva – E. Jose Augusto Lucas – E.  Miraflores – E. Camilo Castelo Branco – E. Noronha Feio – E. Aquilino Ribeiro

top

5. DESPEDIDA

  • 13:00 Sagrada Eucaristia

6. ENTREGA DA IMAGEM

  • 14:00 Partida para a Vigararia da Amadora

top
I am the anchor.

II. A IMAGEM PEREGRINA NA PARÓQUIA DE CRISTO REI DE ALGÉS

31 DE JANEIRO DE 2016

  • 18:00 Terço (Igreja da Santíssima Trindade)
  • 18:30 Saudação a Nossa Senhora junto à Cruz
  • 18:40 Descida para Algés:

Av. General Norton de Matos – Estrada das Romeiras – Rua Marcos Portugal – Rua José Duro – Rua José Duarte Pedroso – Rua Victor Duarte Pedroso – Avenida da República (Capela de
Nossa Senhora do Cabo) – Rua Ernesto da Silva – Rua de Olivença (Irmãs Franciscanas Hospitaleiras) – Rua Parque Anjos (União de Freguesias) – Igreja Paroquial de Algés.
Rua João Chagas.

PARAGEM BREVE JUNTO AO CRUZEIRO

Rua Direita do Dafundo

top
I am the anchor.

III. A IMAGEM PEREGRINA NA PARÓQUIA DO SENHOR JESUS DOS AFLITOS

Rua Sacadura Cabral – Rua de Jesus Bento Caraça
Igreja Paroquial da Cruz Quebrada

  • 19:00 Santa Missa
  • 20:00 Oração: Maria Mãe dos Escutas
  • 21:00 Procissão de velas até ao Santuário de Nossa Senhora da Rocha

 

top
I am the anchor.

IV. CELEBRAÇÃO E ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA

A. Chegada: acolhimento pelo Pároco, cruz paroquial, acólitos, leitores, coro (cf. som)

1. Cântico: O Povo de Deus te aclama, Nossa Senhora da Paz.

2. Leitor:

«Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. E donde me é  dado que venha ter comigo a mãe do meu Senhor? Pois, logo que chegou aos meus ouvidos a tua saudação, o menino saltou de alegria no meu seio. Feliz de ti que acreditaste, porque se vai cumprir tudo o que te foi dito da parte do Senhor» (Lc 1,42-45).
A Mãe de Nosso Senhor vem até nós!
E também nós, como filhos, exclamamos à maneira de Isabel: «Bendita é tu entre as mulheres»!
Muitos de nós aprendemos a rezar conduzidos pela Mãe do Céu. Foi por ela que melhor entendemos e acolhemos Jesus Cristo, foi por ela que melhor confiámos a Deus a nossas vidas.

3. Cântico: Bendizemos o Teu nome….

4. Leitor

A Mãe do Céu visita-nos de uma maneira única e singular: não se impõe, não amedronta, não assusta.
Como outrora, ao receber a anunciação do anjo, também hoje a Mãe do Céu vem disponibilizar-se para o nosso serviço, para que nós descubramos melhor quem é Jesus. «Eis a serva do Senhor» continua a dizer-nos a Mãe do Céu, como que a dizer-nos também «Eis a vossa serva» porque cada homem precisa de uma Mãe.
A nossa história cruza-se em cada passo com a presença de Nossa Senhora. Esta nossa terra e vila de Oeiras a tem por padroeira desde há seculos, sob o título da Purificação. Aqui a veneramos no sinal da sua imagem, que transporta ao seu colo o Menino, que ela sempre nos dá. No templo ela o apresenta e o oferece ao Pai. E por sua vez o Pai no-lo entrega como a Luz do mundo, O pão vivo descido do Céu, a Porta, a videira, a Ressurreição e Vida.

Cantemos:

5. Cântico: Senhora, um dia descestes…

6. Leitor:

Leitura dos Actos dos Apóstolos (Act 1, 12-14)

Desceram, então, do monte chamado das Oliveiras, situado perto de Jerusalém, à distância de uma caminhada de sábado, e foram para Jerusalém.
Quando chegaram à cidade, subiram para a sala de cima, no lugar onde se encontravam habitualmente.
Estavam lá: Pedro, João, Tiago, André, Filipe, Tomé, Bartolomeu, Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o zelote, e Judas, filho de Tiago.
E todos unidos pelo mesmo sentimento, entregavam-se assiduamente à oração, com algumas mulheres, entre as quais Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos de Jesus.

Palavra do Senhor

7. Breve homilia

8. Preces (refrão cantado)

Irmãos e Irmãs:
Elevemos as nossas orações a Deus Pai todo-poderoso e, por intercessão da gloriosa Virgem Maria, invoquemos a divina misericórdia, cantando com fé e esperança:

R/. Interceda por nós a Virgem cheia de graça.

– Para que a Igreja, esposa de Cristo, acolha como a Virgem Maria a palavra da salvação e, pelo Batismo, dê à luz novos filhos, oremos, irmãos.

– Para que a Rainha da paz e Mãe da Igreja inspire o sentido da justiça aos governantes, a fim de trabalharem pelo bem de todos os povos, oremos, irmãos.

– Para que os discípulos de Cristo, no mundo inteiro, cheguem à unidade da fé e da caridade e imitem o coração da Mãe de Deus, oremos, irmãos.

– Para que todos os que choram e estão tristes sintam a protecção e a presença da Mãe de misericórdia, nas suas aflições e ansiedades, oremos, irmãos.

– Para que a Mãe de Jesus, Nossa Senhora do Rosário de Fátima, nos ensine tudo o que guarda no seu coração acerca de Jesus e da vida humana, oremos, irmãos.

– Para que Nossa Senhora de Fátima, que nos chamou a reparar o nosso amor a Deus, nos dê a graça de rezarmos diariamente o rosário e de oferecermos atos de amor para transformar o mundo,
oremos irmãos.

– Para que os fiéis desta comunidade sintam a ajuda poderosa da Mãe de Jesus, quando chegar o seu último combate, oremos, irmãos.

9. Oração comunitária

Consagração a Nossa Senhora

Ó Senhora minha, ó minha Mãe, eu me ofereço todo(a) a vós, e em prova da minha
devoção para convosco, Vos consagro neste dia e para sempre, os meus olhos, os
meus ouvidos,
a minha boca, o meu coração e inteiramente todo o meu ser.
E porque assim sou vosso(a), ó incomparável Mãe, guardai-me e defendei-me como
propriedade vossa.
Lembrai-vos que vos pertenço, terna Mãe, Senhora nossa.
Ah, guardai-me e defendei-me como coisa própria vossa.

Ámen.

10. Oração final

Senhor nosso Deus, mostrai a vossa misericórdia aos filhos que Vos amam, que vos suplicam e que humildemente entregam as suas preces nas mãos da Virgem Mãe de Nazaré. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, que é Deus Convosco, na Unidade do Espírito Santo. Amen.

11. Cântico: Prece final
top
I am the anchor.

VI. Documentos pastorais

top