SEXTA-FEIRA – 22/JANEIRO/2016

a_SaoVicenteMartirS.VICENTE (304) Diácono em Saragoça, foi m artirizado em Valência. É o Padroeiro da cidade de Lisboa.

1 Samuel 24,3-21; Sal 56,2-4ac.6.11; Marcos 3,13-19

“JESUS SUBIU AO MONTE E CHAMOU OS QUE ELE QUERIA…” (Marc. 3,13-19). Após os acontecimentos que se tinham desenrolado à roda do lago, Jesus subiu ao monte, lugar de comunhão com Deus, ganhando altura acima do quotidiano. Lucas diz-nos que Ele passou a noite a orar. Só depois, Jesus chama “aqueles que Ele queria”. A chamada dos discípulos vem da intimidade dO Filho com O Pai. Daí o pedido: “Orai para O Senhor da messe enviar trabalhadores para a Sua seara”. Porque não é possível escolher os operários de Deus da mesma forma que um patrão selecciona a sua mão-de-obra. Estes “trabalhadores” devem sempre ser pedidos a Deus, e ordenados para o serviço de Deus e dos homens. Rezemos por isto.

5.º DIA DE ORAÇÃO PELA UNIDADE : “A FRATERNIDADE DOS APÓSTOLOS”. Tu, Deus de Nosso Senhor Jesus Cristo, concede a todos os cristãos, e mais particularmente aos que Tu encarregaste de guiarem a Tua Igreja, O Teu Espírito de sabedoria e conhecimento, para nos tornarmos cada vez mais um só corpo e um só espírito, vivendo com uma única fé e um único baptismo. Leituras: Isaías 56,6-8; Sal 23; Actos 2,37-42; Jo.13,34-35.

Meditações Bíblicas”, tradução dos Irmãos Dominicanos da Abadia de Saint-Martin de Mondaye (Suplemento Panorama, Edição Bayard, Paris). Selecção e síntese: Jorge Perloiro.