14 nov 2017

Jesus prega aos apóstolos, James Tissot, 1890 ca

TERÇA FEIRA DA XXXII SEMANA DO TEMPO COMUM (anos ímpares)

O Livro da Sabedoria convida-nos a olhar para as coisas em profundidade e a não deixar-nos enganar pelas aparências: “as almas dos justos estão na mão de Deus e nenhum tormento os atingirá. Aos olhos dos insensatos parecem ter morrido; a sua saída deste mundo foi considerada uma desgraça e a sua partida do meio de nós um aniquilamento. Mas eles estão em paz. Aos olhos dos homens eles sofreram um castigo, mas a sua esperança estava cheia de imortalidade.”
Eis a ilusão daquele que julga segundo as aparências: crer que é contrariado, perseguido, atormentado pelos homens, ser profundamente infeliz, pelo contrário, quem está nas mãos de Deus, unido a Ele, vive cheio de esperança e de paz em todas as situações.
Quem vê no fundo das coisas, percebe que não há felicidade no prazer do mundo, mas um terrível vazio, e é exactamente este que provoca a corrida ao prazer, na ânsia de encontrar satisfação na vida terrena.
Li há algum tempo o testemunho de um missionário, preso na China, nos anos da revolução de Mao, como inimigo do povo. Após interrogatórios extenuantes, torturas físicas e psicológicas, foi submetido ao juízo do povo.
Ele diz que, coberto de insultos e acusações difamantes, experimentava “uma alegria fortíssima”: sabia que estava mais do que nunca unido a Jesus na sua paixão. “Aos olhos dos homens eles sofreram um castigo, mas a sua esperança estava cheia de imortalidade.”
O Livro da Sabedoria continua: “Deus os pôs à prova e os achou dignos de Si. Experimentou-os como ouro no crisol e aceitou-os como sacrifício de holocausto”.
Em cada pena, não fiquemos pela superfície, procuremos a intenção de Deus, que é sempre de amor: põe-nos à prova como ouro no crisol para nos purificar, para nos levar a um amor mais profundo, mais desinteressado. Se Deus nos faz o dom de compreender isto, estaremos em paz, mesmo nos maiores sofrimentos.
Estamos sempre nas mãos do Senhor, os seus olhos estão sobre nós com amor enquanto permite que sejamos provados pela dor: permaneçamos portanto fiéis a Ele em todas as circunstâncias e teremos a vida em plenitude: ” os que Lhe são fiéis permanecerão com Ele no amor” (lachiesa.it).

PRIMEIRA LEITURA Sab 2, 23 – 3, 9

Leitura do Livro da Sabedoria
Deus criou o homem para ser incorruptível e fê-lo à imagem da sua própria natureza. Foi pela inveja do Diabo que a morte entrou no mundo, e experimentam-na aqueles que lhe pertencem. Mas as almas dos justos estão na mão de Deus e nenhum tormento os atingirá. Aos olhos dos insensatos parecem ter morrido; a sua saída deste mundo foi considerada uma desgraça e a sua partida do meio de nós um aniquilamento. Mas eles estão em paz. Aos olhos dos homens eles sofreram um castigo, mas a sua esperança estava cheia de imortalidade. Depois de leve pena, terão grandes benefícios, porque Deus os pôs à prova e os achou dignos de Si. Experimentou-os como ouro no crisol e aceitou-os como sacrifício de holocausto. No tempo da recompensa hão-de resplandecer, correndo como centelhas através da palha. Hão-de governar as nações e dominar os povos e o Senhor reinará sobre eles eternamente. Os que n’Ele confiam compreenderão a verdade e os que Lhe são fiéis permanecerão com Ele no amor, pois a graça e a fidelidade são para os seus santos e a sua vinda será benéfica para os seus eleitos.
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL Salmo 33 (34), 2-3.16-17.18-19 (R. cf. 2a)

Refrão: Em todo o tempo e lugar bendirei o Senhor. Repete-se

A toda a hora bendirei o Senhor,
o seu louvor estará sempre na minha boca.
A minha alma gloria-se no Senhor:
escutem e alegrem-se os humildes. Refrão

Os olhos do Senhor estão voltados para os justos
e os ouvidos atentos aos seus rogos.
A face do Senhor volta-se contra os que fazem o mal,
para apagar da terra a sua memória. Refrão

Os justos clamaram e o Senhor os ouviu,
livrou-os de todas as suas angústias.
O Senhor está perto dos que têm o coração atribulado
e salva os de ânimo abatido. Refrão

EVANGELHO Lc 17, 7-10

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
Naquele tempo, disse o Senhor: «Quem de vós, tendo um servo a lavrar ou a guardar gado, lhe dirá quando ele volta do campo: ‘Vem depressa sentar-te à mesa’? Não lhe dirá antes: ‘Prepara-me o jantar e cinge-te para me servires, até que eu tenha comido e bebido. Depois comerás e beberás tu’. Terá de agradecer ao servo por lhe ter feito o que mandou? Assim também vós, quando tiverdes feito tudo o que vos foi ordenado, dizei: ‘Somos inúteis servos: fizemos o que devíamos fazer’».
Palavra da salvação.

ESTE DIA
HORA E LOCAL ACÇÃO ESPECIFICAÇÃO (NOTAS)
09:00 CRUZ QUEBRADA Santa Missa
14:30 MIRAFLORES Reu. da equipa sacerdotal. Lectio e partilha
18:00 MIRAFLORES Santa Missa
19:00 ALGÉS Santa Missa
19:30 ALGÉS Atendimentos Baptismo e Matrimónio (marcação prévia)