TERÇA-FEIRA – 19/JANEIRO/2016

1 Samuel 16,1-13; Sal 88,20-22.25.27-29; Marcos 2,23-28

COMBATE INTERIOR E DISPONIBILIDADE (1 Sam. 16,1-13). Recordemos a chamada do jovem Samuel (1Sam.3). A criança que ele era teve que aprender a reconhecer a voz de Deus, e, após a identificar, vimo-lo manifestar a sua disponibilidade : “Fala, Senhor, que o Teu servo escuta”. Anos mais tarde, encontramo-lo, profeta experiente, mas dividido entre a sua preferência por Saúl e o pedido de Deus, entre a sua missão e o medo das consequências que ela poderia ter. O fruto deste combate interior revela-se, todavia, duplamente positivo : conversão do olhar para Samuel e, para o povo de Israel, realização do desígnio divino.

“O SÁBADO FOi FEITO PARA O HOMEM E NÃO O HOMEM PARA O SÁBADO…” (Marcos 2,23-28) . Sentença decisiva que remete não apenas as coisas, os rituais religiosos, ao seu lugar, mas que igualmente recorda o papel central do ser humano – homem ou mulher – no plano da Criação e da Redenção. Jesus coloca-se aqui, na linha do Seu antepassado David, Rei-Messias, com autoridade que legitima a Sua aparente infracção da Lei. Daí a referência que Jesus faz aO Filho do homem – no sentido messiânico – autorizando a Sua preeminência sobre a Lei, de que o rei David havia feito também prova. Jesus apresenta também a Sua senhoria até sobre o sábado, anunciando ser Ele próprio O Templo novo, aonde afluirão os adoradores de Deus em espírito e verdade.

2.º DIA DE ORAÇÃO PELA UNIDADE : “ CHAMADOS A SER MENSAGEIROS DA ALEGRIA ”
Deus de amor, vê a nossa vontade de Te servir apesar da nossa pobreza. Vem encher com a Tua presença os desejos profundos dos nossos corações. Concede-nos o dom da unidade para que possamos servir-Te com alegria e partilhar o Teu amor com todos.
Nós To pedimos em nome dO Teu Filho Jesus Cristo, Nosso Senhor. Leituras : Isaías 61,1-4; Sal 132; Filipenses 2,1-5; João 15, 9-12.

Meditações Bíblicas”, tradução dos Irmãos Dominicanos da Abadia de Saint-Martin de Mondaye (Suplemento Panorama, Edição Bayard, Paris). Selecção e síntese: Jorge Perloiro.