TERÇA-FEIRA – 2/FEVEREIRO/2016

a_ApresentacaoDeJesusAPRESENTAÇÃO DO SENHOR NO TEMPLO. Cristo é a Luz, evocada hoje na Igreja pela chama das velas da procissão da Candelária, por ser a luz que veio iluminar o nosso caminho diário.

Malaquias 3, 1-4 ; Sal 23, 7-10 ; Hebreus 2, 14-18 ; Lucas 2, 22-40

ELES VÊEM O INVISíVEL (Lucas 2,22-40). Jesus é apresentado no Templo pelos pais, Maria e José, que cumprem os ritos da Lei. É só isto o que vêem os olhos da carne dos dois anciãos, Simeão e Ana, e de todos os que – na manhã deste dia – estão nO Templo. Todavia, O Espírito de Deus ilumina o olhar interior de Simeão e o desta mulher da Antiga Aliança, fazendo-os descobrir neste menino “O Senhor que chega ao Seu Templo”: a salvação anunciada! Eles vêem nesta criança, apresentada por Maria e José, a “dádiva” de Deus ao Seu povo e a toda a humanidade : o dom de Deus escondido no instante presente. Eles conseguem ver o invisível, ver a realidade escondida nos acontecimentos banais e é isso que os faz profetas: ser capazes de desvendar O Mistério escondido nos acontecimentos aparentemente banais e decifrar “os sinais dos tempos”. A Igreja também é profética porque revela o dom de Deus, Mistério da Salvação, nos acontecimentos do nosso tempo. Saberei eu ler a face escondida da minha vida descobrindo nela o dom de Deus, dom dO Seu Amor que me salva ? Para isso, tenho de ir ao Templo – participar na Eucaristia – e aprender a permanecer n’Ela ao longo do dia.

Meditações Bíblicas”, tradução dos Irmãos Dominicanos da Abadia de Saint-Martin de Mondaye (Suplemento Panorama, Edição Bayard, Paris. Selecção e síntese: Jorge Perloiro.